foi adicionado ao seu carrinho.

Um hábito que tornou minha segunda-feira mais leve

Por 26 de agosto de 2019Inspire-se

No post da semana passada compartilhei aqui no blog um breve resumo do livro “O poder do hábito”. E como prometido, no post de hoje vou compartilhar um dos hábitos que adquiri e que tornou as minhas segundas feiras muito mais leves. Espero de coração que isso possa servir como um incentivo para você também mudar aquele hábito que não te faz tão bem.

Um hábito que tornou minha segunda-feira mais leve

Um hábito que tornou minha segunda-feira mais leve

Por mais que eu não me orgulhe muito disso, tenho que confessar que sou uma pessoa que procrastina muito, ou seja, deixa tudo para a última hora. A minha desculpa para ser assim é que sei que quando o prazo está curto, eu consigo dar um boost na minha produtividade e terminar as coisas bem rápido. Geralmente quando eu tenho um prazo grande, eu tendo a ser muito mais perfeccionista e demorar pra finalizar um trabalho.

Como era a minha rotina

Toda segunda-feira eu preciso gerar dois documentos na empresa. Mas justo segunda é o dia que preciso responder os emails de clientes, parceiros e outras tarefas que ficaram acumuladas da semana anterior. Minha rotina era:

  1. Gatilho: Terminar de responder as mensagens para gerar os documentos ao final de toda segunda;
  2. Rotina: Correr para finalizar o documento até o final do dia e fazer as correções se necessário;
  3. Recompensa: Satisfação de ter finalizado o documento em menos tempo.

O que mudei na rotina

Com o tempo, vi que eu terminava as minhas segundas exausta por ter que fazer tudo correndo. Muitas vezes apareciam imprevistos e interrupções que me tiravam o foco da atividade e me deixavam mais frustrada por não me permitirem finalizar o documento logo. Então, decidi mudar isso. Como esse documento precisava ser entregue na segunda, eu tinha duas opções: tentava deixar ele adiantado na sexta ou fazia no final de semana. Não queria incluir mais essa tarefa na sexta pois gosto de reservar a sexta pra atividades mais criativas e tenho aula de dança à noite.

Por isso, passei a produzir esses documentos no final de semana. Com isso a nova rotina se tornou:

  1. Gatilho: Notar um período com uma boa janela de tempo livre no final de semana;
  2. Rotina: Fazer o documento com mais tranquilidade, sem interrupções , com foco total e ouvindo uma música bem relaxante
  3. Recompensa: Satisfação de ter finalizado o documento em menos tempo e de forma muito mais tranquila.

Benefícios da mudança

O que antes era um transtorno, hoje pra mim é um prazer! Passei a amar trabalhar aos finais de semana por essa sensação gostosa que esse hábito me proporcionou.

Ao deixar essa atividade adiantada no final de semana, as minhas segundas feiras se tornaram muito mais tranquilas. Antes eu já dormia no domingo com a cabeça cheia pois sabia que teria que correr no dia seguinte pra dar conta de tudo. Aprendi que fazer as coisas dessa forma reduziram a minha ansiedade e aumentaram a qualidade de vida no trabalho, mesmo tendo que abdicar algumas horinhas do meu final de semana.

Mas aí você pode me perguntar, já que você tem tempo livre para fazer esse documento aos finais de semana, qual a motivação para terminar o documento em menos tempo e não ser tão perfeccionista? E a resposta é simples: eu procuro fazer em menos tempo possível para curtir o restante do meu final de semana ao máximo.

Pode ser que ao tentar mudar um hábito, você não acerte quais as melhores rotinas ou gatilhos de primeira. Você pode fazer vários testes pra ver de que forma a recompensa pode ser melhor, de forma que seu corpo “vicie” nela e faça você substuir o hábito antigo pelo novo.

Espero muito que você tenha gostado das dicas! Abraços e até a próxima!

Quer receber os posts da A.Craft no seu email?

Autor Liana Uehara

Mais posts por Liana Uehara

Deixe uma resposta